Monday, May 19, 2014

melgas do centro-sul

Já estava a rogar pragas a uma melga do Centro-sul, comparando-a com as do Norte da minha infância, as quais, surpreendidas por um súbito acender de luz de quem se incomodara com o seu zumbido, iam ingenuamente pousar numa superfície branca, normalmente do tecto, e aguardavam calmamente pela morte em forma de almofada ou spray, quando esta se veio pôr mesmo a jeito. Afinal, também é das bem ensinadas. Era.

No comments:

Post a Comment

Aqui

Total Pageviews

There was an error in this gadget

Followers

Blog Archive